Como Agendar Atendimento Para Auxílio Doença

Como Agendar Atendimento Para Auxílio Doença

O atendimento para auxílio doença pode ser agendado no INSS de 3 maneiras. Saiba sobre isso e outras questões referentes a esse benefício neste texto!

Advertisement

O auxílio doença é um benefício que garante receber uma quantia caso tenhamos problemas que nos incapacita de exercer nossas funções.

Ou seja, se tivermos alguma doença ou sofrermos algum acidente de trabalho, receberemos da Previdência Social este benefício.

Inclusive, segundo dados colhidos na própria previdência Social, o Brasil é o quarto país no mundo com mais acidentes de trabalho.

Foram 1.8 milhão de afastamentos entre 2014 e 2018, além de 6.200 óbitos.

Advertisement

O que dá uma média de 700 mil casos por ano e uma morte a cada 3 horas e 40 minutos.

De certa maneira, o auxílio doença é um direito importante para amenizar a ansiedade de quem sofre um acidente de trabalho.

Justamente por isso, é necessário que todo cidadão saiba como agendar atendimento, caso necessite recorrer ao benefício.

Assim sendo, no texto a seguir vamos explicar como funciona esse procedimento.

No entanto, para sua compreensão distribuímos o conteúdo nos seguintes tópicos:

  1. Quem pode agendar atendimento para auxílio doença por ter direito?
  2. Como proceder para marcar o atendimento do auxílio doença
  3. Quais são os requisitos para o agendamento auxílio doença?
  4. Quais documentos são necessários para requerer auxílio doença?
  5. O que fazer quando o trabalhador não tiver condições de se locomover até a agência do INSS

Advertisement

Quem pode agendar atendimento para auxílio doença por ter direito?

Resumidamente falando, o auxílio é pago pelo INSS – Instituto Nacional do Seguro Social, certo?

E, é um benefício concedido para todas as pessoas que ficarem afastadas de suas funções por mais de 15 dias.

Logo, para você receber precisa estar de acordo com os seguintes requisitos:

  • Não conseguir exercer seu trabalho por alguma incapacidade;
  • Que o segurado cumpra a carência de 1 ano contribuindo para o INSS;
  • A pessoa em questão se encontra segurada pelo INSS.

Entretanto, se a incapacidade do trabalhador for devida a qualquer acidente no trabalho ou a uma doença relativa à sua função, estará dispensado de carência.

Também sobre isso, no site  oficial do INSS você tem acesso a mais detalhes. O site é simples e você mesmo pode acessar sem dificuldades.

Como proceder para marcar o atendimento do auxílio doença

Veja também
1 De 2

Uma vez que você se encontra na necessidade de receber o auxílio doença, e possui todos os requisitos para fazê-lo, é preciso agendar o atendimento.

As maneiras de agilizar seu atendimento são 3.

Você pode acessar o site através deste link: meu.inss.gov.br e preencher os dados que vão sendo solicitados (não se preocupe é muito simples).

Se preferir você também pode baixar o aplicativo do INSS no seu celular e utilizar assim como outros de pedir comida, gás, etc.

Além dessas duas formas e caso não goste, ou não tenha familiaridade com os atendimentos on-line, sugerimos o telefone.

Isso mesmo, o INSS lhe atende pelo telefone e marca atendimento para auxílio doença, através do número 135.

Este agendamento é para marcar uma consulta com um médico do INSS que vai atestar sua real situação e lhe conseguir liberação do benefício.

Atenção: caso você não consiga estar presente no dia que agendou, poderá remarcar a perícia três dias antes da data primeira data agendada.

Suponha que você marque para o dia 27 de março, mas perceba que não vai poder estar neste dia.

Então você tem até três dias antes do dia 27 para remarcar.

Lembramos que a remarcação só é possível uma vez. E terá que ser feita ou pelo número 135 ou então pelo Meu INSS.

Caso contrário, você ficará impossibilitado de requerer o benefício de novo nos 30 dias seguintes.

Quais são os requisitos para o agendamento auxílio doença?

Você pode agendar, sem maiores dificuldades, caso tenha carteira assinada e sofreu um acidente ou foi acometido por doença incapacitadora.

Então, neste caso, é preciso dar entrada 15 dias depois que se afastar do trabalho, pois os primeiros 15 dias são pagos pela empresa.

Se você for um trabalhador doméstico ou estiver como avulso, precisa dar entrada no logo na data onde foi acometido pela incapacidade.

No entanto, tenha atenção, se demorar mais de 30 dias para fazer o pedido, você não receberá retroativamente.

Caso não haja data disponível referente ao atendimento para auxílio doença e perícia em 15 dias, agende para a próxima data que estiver disponível.

Após conseguir o agendamento, você deve guardar o protocolo que será fornecido pelo atendente.

Pois, se você estiver com ele, neste caso poderá exigir pagamentos retroativos.

Quais documentos são necessários para requerer auxílio doença?

Mesmo que você recorra ao telefone do INSS 135 ou prefira o aplicativo e mesmo o site, vai precisar estar com alguns documentos em mãos.

Entretanto, você terá que ter alguns documentos na hora do atendimento para auxílio doença.

Um dos principais é o documento de identificação oficial com foto e o CPF.

Também será necessário apresentar os carnês de contribuição ou sua carteira de trabalho, ou então um documento que comprove os pagamentos ao INSS.

Além disso, é necessário também o número do PIS/PASEP – documento que identifica o trabalhador.

Igualmente deverá ter em mãos o relatório médico para comprovar a doença, justificativas e tratamentos.

No documento deve constar, além do CRM do médico, sua assinatura, carimbo e data, além do CID (Classificação Internacional de Doenças).

Um requerimento devidamente carimbado e assinado pela empresa, informando qual último dia do trabalho.

O que fazer quando o trabalhador não tiver condições de se locomover até a agência do INSS

Vamos supor que você já agendou atendimento para o auxílio doença pelo número 135 ou através do site.

No entanto, o problema que lhe deixou incapacitado para o trabalho é grave e você não pode comparecer na perícia.

Então, o que fazer?

Primeiramente, você precisa ter um documento assinado por um médico que ateste que você não pode se locomover.

Em seguida, um representante deve levar este documento à uma agência do INSS, com todas as informações de onde você se encontra.

Ou seja, endereço, telefone e tudo o mais que seja necessário para que o INSS vá até sua casa e faça a perícia.

Com estas medidas, você conseguirá atendimento para auxílio doença e fazer valer o seu direito ao benefício.

Uma última observação: lembre-se de manter em dia todos os documentos pessoais e também aqueles que comprovam ser um contribuinte do INSS.

Afinal, nunca sabemos quando vamos precisar.

Saiba mais sobre a Previdência Social, veja aqui.

Por último, se este texto lhe ajudou de alguma forma, aproveite e compartilhe no seu Facebook ou em outras mídias.

Isso ajudará outras pessoas caso necessitem saber como marcar atendimento a fim de receber auxílio doença.

Advertisement

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
error: Conteúdo protegido!!