Como fazer Perícia no INSS se está com diagnóstico de depressão

Perícia Médica do INSS por Depressão

Perícia INSS por depressão é um procedimento aceito pela Previdência Social. Mas como agendar uma consulta com o perito e requerer o benefício? Vamos falar sobre isso. Confira!

Advertisement

Muito provavelmente, quando falamos em auxílio doença, você pensa em alguma espécie de acidente de trabalho.

No entanto, o número de pessoas incapazes de exercer suas funções devido a distúrbios psicológicos é muito grande.

Vivemos em um mundo de constante mudança, onde ansiedade e frustração, são elementos comuns no dia a dia.

E um destes principais destes males é a depressão, que é uma doença cruel.

Advertisement

Ela está entre as doenças que mais afasta pessoas de suas funções laborais e também do convívio social.

Assim sendo, no texto de hoje vamos pontuar como a depressão é tratada para fins de auxílio doença.

Para melhor didática na leitura, dividimos o conteúdo em tópicos, os quais são:

  1. O que é a depressão e por que é possível marcar uma perícia por depressão?
  2. Como a depressão afeta o trabalho?
  3. Como saber se você tem depressão?
  4. A perícia INSS por depressão considerará alguns fatores
  5. Como agendar uma perícia no INSS se você sofre de depressão
  6. Requisitos para agendar perícia por depressão

O que é a depressão e por que é possível marcar uma perícia por depressão?

Todo mundo tem altos e baixos. Às vezes, você pode se sentir um pouco deprimido, por diversos motivos.

As pessoas podem dizer que se sentem deprimidas quando estão tristes, mas isso nem sempre significa que têm depressão.

Advertisement

Pois, a depressão é um transtorno de humor de longa duração.

Afeta sua capacidade de fazer coisas do dia a dia, sentir prazer ou se interessar por atividades.

Ela é uma doença mental que é reconhecida em todo o mundo e que afeta cerca de um em cada dez de nós.

Além de ser algo que qualquer um pode obter e, mais importante, é tratável.

Por isso é importante, se você sofre disso, buscar uma perícia INSS por depressão.

A depressão não é algo que você pode ‘tirar’ ou um sinal de fraqueza. Muito pelo contrário

Segundo a OMS, a depressão é uma epidemia, e o Brasil é o segundo país com o maior número de depressivos nas Américas, com 5,8% da população.

Lembrando que o número de pessoas com depressão pode ser maior que isso porque nem todas as pessoas com a doença vão ao médico.

Como a depressão afeta o trabalho?

Imagine ser segunda-feira de manhã e você acordou três horas mais cedo.

Você dormiu muito mal e está deitado na cama pensando em como precisa se levantar, escovar os dentes e se vestir.

No entanto, se deu conta que precisa tomar banho, porque já não faz desde a sexta-feira da semana anterior.

Então você terá que comer algo, mesmo sem apetite.

Naturalmente para uma pessoa ‘normal’ o que estamos relatando parece ser algo semelhante à preguiça. Mas não é!

Pois, uma pessoa com depressão pode lutar com a motivação a ponto de coisas como sair da cama, tomar banho, parecer uma tarefa impossível.

Embora existam vários formatos de depressão, a depressão clínica é a principal causa de incapacidade laboral no mundo.

Por isso a perícia INSS por depressão é altamente justificada.

Uma pessoa que se afasta para se tratar tem mais oportunidades de voltar ao trabalho, ser mais produtivo e feliz.

Como saber se você tem depressão?

A depressão tem uma definição e um diagnóstico específicos.

É definido pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, 5ª Edição, ou o DSM-5 como:

  • Um humor deprimido ou perda de interesse por pelo menos um período de duas semanas.

De acordo com a American Psychiatric Association, a depressão é sempre acompanhada por três dos seguintes sintomas:

  • Perda ou ganho de peso;
  • Insônia;
  • Lentidão ou aceleração de pensamento;
  • Fadiga e baixa energia;
  • Sentimentos de inutilidade ou culpa;
  • Concentração diminuída ou indecisão aumentada;
  • Pensamentos de morte ou pensamentos suicidas persistentes.

É tão fácil ver como esses sintomas, sozinhos ou combinados, podem alterar uma pessoa.

Resumidamente falando, a depressão pode perturbar a vida social, familiar e profissional de uma pessoa gravemente.

A perícia INSS por depressão considerará alguns fatores

Certamente é o perito do INSS o profissional capaz de dizer se uma pessoa tem direito ao auxílio doença por depressão.

No entanto, você pode avaliar, antes disso, sua rotina para entender a angústia que sente e se isso pode ser depressão.

Observe então nossa lista com situações que se relacionam com a depressão:

  • Você está tendo dificuldade para se concentrar e manter o foco em suas tarefas diárias?
  • Percebe que está tendo dificuldade em cumprir prazos e metas?
  • Sua dificuldade em prestar atenção é por que está perdendo o sono?
  • Você acha que está chegando tarde para o trabalho porque está dormindo muito?
  • Se sente mais irritado do que o normal?
  • Você acredita que está muito difícil manter o foco ou sente que seu trabalho não parece mais ter importância para você?
  • Tem tido dificuldades em se lembrar de detalhes?
  • Você está tendo muita dificuldade para tomar decisões?

Além disso, perdeu o interesse pelo seu trabalho (incluindo as coisas que você amava nele) igualmente desinteressou-se pela vida social e convívio?

Veja então que há uma sequência de fatos (indicadores) que precisa de uma consulta médica.

E, se necessário, marcar uma perícia INSS por depressão para realizar o tratamento, sem perdas salariais.

Como agendar uma perícia no INSS se você sofre de depressão

Você possui, basicamente, 3 meios para agendar uma perícia médica.

A primeira é através do site Meu INSS. A segunda é discar para o número 135 e por fim, se dirigir até uma agência do INSS.

Lembre-se de que estamos passando por uma pandemia, logo, a primeira e segunda opção são mais adequadas neste momento.

Requisitos para agendar perícia por depressão

No entanto, são necessários alguns pré-requisitos para que o auxílio doença seja concedido para quem sofre de depressão.

Uma delas é que a pessoa se encontre na qualidade de segurado, ou seja, esteja pagando regularmente o INSS.

Também é preciso cumprir uma carência de ao menos 12 contribuições.

E também é necessário que se demonstre uma completa incapacidade para o trabalho.

Neste caso a Perícia INSS por depressão tem que ser feita, para assim um médico credenciado possa atestar que a pessoa realmente sofre deste mal.

Aliás, a pessoa precisa estar incapacitada de exercer suas funções por mais de 15 dias para requerer o benefício do auxílio doença.

Aí então ela pode entrar em contato para marcar uma perícia sem maiores problemas.

A depressão é um mal que por muitas vezes é silencioso. Não deixe de tratar assim que perceber os sintomas.

Saiba mais sobre Perícia Médica, veja aqui.

Enfim, se você achou útil o que falamos aqui, aproveite e compartilhe no seu Facebook para ajudar mais pessoas que sofrem devido à depressão.

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade